Início / Início
  • 17.03.09

    Em 2009, depois de dez anos de afirmação no mercado da água, definimos como um dos objectivos para este ano o alcance da Certificação. Queremos alcançar o reconhecimento da nossa qualidade e para tal estamos a implementar um sistema de gestão através da norma NP EN ISO 9001:2008.

  • 17.03.09

    Esta semana são inauguradas mais duas ETARI  Cetambio  para tratamento de efluentes industriais vinícolas, situadas na Herdade dos Machados e Couterio-Mor.  Apresentam lagoas de homogeneização e pré-oxidação em GEOTELA PEAD. Recorre-se também ao tratamento biológico com arejamento prolongado. O tratamento de lamas é feito no local...

  • 17.03.09

    Ao celebrar o seu 10º Aniversário a Cetambio inaugurou recentemente novas instalações (ver localização). Melhorámos a qualidade de resposta e aumentámos a nossa capacidade de assistência técnica a equipamentos, passando agora a dispor de maior quantidade de stock para alguns equipamentos e peças.

Destaque

OSMOSE INVERSA

A Cetambio, Lda fornece e instala sistemas de osmose inversa para tratamento de águas domésticas e industriais. É um processo de separação em que um solvente é separado de um soluto de baixa massa molecular por uma membrana permeável ao solvente e impermeável ao soluto. Isso ocorre quando se aplica uma grande pressão sobre este meio aquoso, o que contraria o fluxo natural da osmose. Por essa razão o processo é denominado osmose inversa.

Os diferentes usos da osmose inversa, fornecidos e montados pela nossa empresa passam por campos tão diferentes como:

* Dessalinização da água do mar: Tanto para consumo humano como para outros processos, a membrana de Osmose Inversa pode reduzir a concentração de cloreto de sódio de 35.000mg/L para 350mg/L.

* Irrigação: Um dos problemas da agricultura é a acumulação de sais no solo em função da irrigação com água de rios ou poços. A partir de certo patamar os sais tornam-se nocivos às plantações. A Osmose Inversa é capaz de remover este excesso de sais de forma economicamente viável.

* Alimentação de caldeiras: As caldeiras exigem água puríssima, pois a evaporação da água causa a incrustação da superfície dos tubos pelos sólidos presentes na mesma, reduzindo a transferência de calor, aumentando o consumo de combustível e o risco de explosões. A osmose inversa, assim como a troca iónica, têm sido o tratamento mais utilizado nestes casos.

* Produção de produtos químicos: Hospitais, conglomerados farmacêuticos e laboratórios utilizam o processo de Osmose Inversa para garantira máxima pureza nos seus produtos. Processos de hemodiálise são alimentados com água desmineralizada ou destilada.

* Recuperação de águas residuais na indústria.

* Concentração de sumos, proteínas e vinho na indústria alimentar.

Consulte-nos! A nossa empresa estuda o seu caso e apresenta-lhe solução à medida.